Blog

11 de julho de 2018

O empreendedorismo e a educação

GESTÃO ESCOLAR

O empreendedorismo e a educação

Tempo estimado de leitura: 9 minutos

Muito se fala na atualidade sobre empreendedorismo, mas o tema pode estar presente nas escolas em que contexto? O incentivo ao empreendedorismo deve ser uma causa de toda a escola, por isso os alunos, professores e colaboradores precisam estar engajados. Se você não sabe como começar a aplicá-lo, não se preocupe! Neste artigo traremos esclarecimentos sobre o tema e como educar e empreender podem caminhar juntos. 

11 de julho de 2018 - 09:00 - atualizado em 03 de julho de 2018 - 08:59

O empreendedorismo

É a forma mais procurada por quem quer sair da formalidade encontrada nos empregos convencionais. A propaganda é forte: Abra sua empresa e fique rico sendo seu próprio chefe! Certamente o sonho de muitos é trabalhar nos horários em que deseja e ganhar os suficiente para se permitir momentos de folga. Mas na prática, a teoria é outra. No começo de todo negócio é preciso investir muito tempo e dinheiro e estar pronto para não ter retorno imediato. Mas o empreendedorismo não limita-se a ganhar dinheiro.


Há também as ideias empreendedoras, que podem ser utilizadas para melhorar o mundo. São aquelas que quando colocadas em prática todo mundo afirma algo do tipo: “Nossa, como eu nunca pensei nisso antes?” ou “Eu já tinha pensado nisso, podia estar rico!” Mas a verdade é que só a ideia não vale nada. É preciso muita força de vontade e dedicação para colocá-la em prática, e na maioria das vezes os resultados mais duradouros só poderão ser vistos a longo prazo. É aí que a educação se encaixa.



A educação


É o caminho mais lento porém mais eficaz para melhorar qualquer sociedade. Contudo, ao ensinar adequadamente as crianças pode-se mudar o futuro. A maioria dos modelos de governo operam para obter resultados a curto prazo, cerca de 4 anos. Mas o ensino requer mais tempo para semear boas ideias e colher ótimos frutos.

Buscando evolução na área da educação, os diretores de escolas podem utilizar o empreendedorismo como ferramenta para contribuir com inovações no âmbito escolar. Essa sugestão não é uma iniciativa pioneira, o Brasil já recebeu até mesmo reconhecimento mundial no tema. Este ano o professor brasileiro Diego Mahfouz Faria Lima ficou entre os dez finalistas do Prêmio Nobel da Educação com um projeto de educação democrática.



Por que utilizar empreendedorismo na escola?


A escola é o primeiro passo entre o aluno e o mercado de trabalho. Muitas vezes, são perguntas feitas pelos professores, tais como: “O que você quer ser quando crescer?”, que levam os discentes a pensarem sobre as futuras profissões. Ou a inspiração em mestres que encontrados no caminho, fazem com que o aluno deseje ser como eles quando atingir a vida adulta.


Contudo, cabe a escola também esclarecer que não existem apenas carreiras ligadas à CLT. Os docentes devem estimular o espírito empreendedor, de modo que seus pupilos pensem em se tornar bem-sucedidos sendo seus próprios chefes. A educação empreendedora traz benefícios imediatos às crianças e jovens, por meio dela podemos estimular as ideias criativas, persistência, comprometimento e segurança. Sem contar o diferencial que oficinas voltadas para esse gancho podem trazer para a sua Instituição de Ensino.



Como trabalhar o empreendedorismo na escola?


Este é um processo que demandará um grande esforço da instituição, por isso antes de mais nada é necessário capacitar os professores para o processo através de treinamento específico. Afinal, o empreendedorismo será muito mais interessante quando lecionado por alguém apto a trabalhar a interdisciplinaridade e as tecnologias mais modernas em aula. Além da matéria específica é importante que todos os professores saibam como abordar o assunto em suas aulas, da maneira que for mais adequada às suas disciplinas. 


Porém, assim que esse processo for concluído e um professor com o perfil adequado estiver disponível, você poderá incluir na grade de horários uma disciplina exclusivamente ligada a incentivar as práticas de empreendedorismo. Você pode aplicá-lo de inúmeras formas. Trouxemos duas sugestões: 


  1. Oficinas de Empreendedorismo: Podem ser realizadas após as aulas ou antes dela. Contudo, esse tipo de abordagem pode ser vista como algo maçante para os alunos que não gostam das rotinas extra-escolares.

  2. Adicionar à grade: Trabalhar o tema dentro de sala. Para essa alternativa a escola precisa adotar novas metodologias que favoreçam o empreendedorismo, repassando o conteúdo de forma criativa. Utilizar os recursos tecnológicos, quando disponíveis, pode ser uma ótima alternativa.



Quais conteúdos podem ser trabalhado em aulas?


Todo o conteúdo deve ser planejado voltado a modificar a realidade na qual os alunos estão inseridos, nesse sentido o empreendedorismo atuará com o intuito de transformar a vida deles por meio de novas ideias. Por isso, é importante que o professor tenha uma visão baseada em exemplos tangíveis. Desse modo os próprios alunos podem trazer problemas do seu cotidiano e propor soluções. As atividades práticas são a melhor maneira de desenvolver neles a visão estratégica, perseverança e planejamento.



Sua contribuição

É muito importante investir na educação brasileira. Suas ideias podem ajudar a construir um futuro melhor. Se planejar os horários toma muito de seu tempo e impede seu potencial criativo de florescer, o URÂNIA pode te ajudar. Estamos no mercado a mais de trinta anos, por isso sabemos como é importante manter a Instituição de Ensino organizada. 


Reunir todas essas informações e cruzar os dados para elaborar horários é um trabalho árduo que requer muita atenção. Após tantos anos de estudos e dedicação, buscando sempre ouvir a comunidade de educadores do Brasil, a equipe de desenvolvedores do URÂNIA chegou a um resultado que consegue facilitar o dia a dia da escola, trazendo mais organização, que reflete na qualidade de aprendizado por parte dos alunos. Conheça todas as vantagens acessando o nosso website.


Fonte:

http://www.portaldomarketing.com.br/Artigos/Escola_Estrategica_Empreendedora.htm 

https://blog.wpensar.com.br/gestao-escolar/importancia-de-trabalhar-o-empreendedorismo-na-educacao/



11 de julho de 2018 - 09:00 - atualizado em 03 de julho de 2018 - 08:59

COMENTÁRIOS PARA ESTE POST